Que tal simular o seu próximo veículo?

Consórcio de Veículos Ademicon

Bitmap

Vantagens

1

Sem juros e sem entrada​​

2

Chance mensal de contemplação

3

Planos com parcelas reduzidas

4

Reajuste pelo INPC

6

Flexibilidade para usar o crédito

7

Melhor planejamento financeiro

8

Segurança na modalidade

1

Sem juros e sem entrada​​

2

Chance mensal de contemplação​​

3

Planos com parcelas reduzidas​​

4

Reajuste anual do crédito pelo INPC

6

Flexibilidade para usar o crédito​​

7

Melhor planejamento financeiro​​

8

Segurança na modalidade​​

car

O que é o consórcio de veículos?

O que é o consórcio de veículos?

É a melhor alternativa para você realizar a conquista do seu novo veículo leve ou pesado. Uma solução financeira para a compra de veículo automotor, aeronave, embarcação, máquinas e equipamentos. No momento da contemplação, o consorciado pode optar por adquirir carro, caminhão, ônibus, barco, implemento agrícola, entre outras possibilidades.

como funciona

Como funciona?

1.

Escolha o plano ideal para você

1.

Escolha o plano ideal para você

Diversas opções para você escolher aquela que melhor se adequa aos seus objetivos.

2.

Contribua mensalmente

2.

Contribua mensalmente

Mantenha seus pagamentos em dia, para poder participar dos sorteios e ofertar lances.

3.

3.

Assembleia

Assembleia

As assembleias acontecem mensalmente e definem os clientes contemplados.

4.

Contemplação

4.

Contemplação

Pode ocorrer por sorteio ou oferta de lance em diferentes modalidades.

5.

5.

Utilização do crédito

Utilização do crédito​

Com o crédito liberado, você tem poder de compra à vista para realizar a sua conquista!
 

 

Anterior
Próximo

Faça sua simulação

A hora de repensar
o futuro é agora.

faq

Perguntas frequentes

É um consórcio para a compra de veículo automotor, aeronave, embarcação,
máquinas e equipamentos. No momento da contemplação, o consorciado pode
optar por adquirir carro, caminhão, ônibus, barco, máquinas e implementos agrícolas,
entre outras opções. Todos os produtos estão elencados no item 1, letra a, inciso XIII
do artigo 5º da Circular 3432/2008

Não é financiamento e nem empréstimo. A Ademicon é um consórcio de veículos.
O consorciado adquire uma cota, paga parcelas mensais e, através de sorteio ou
lance, é contemplado com o crédito escolhido.

Veículo Automotor, Aeronave e Embarcação
1. Veículos – até 8 anos;
2. Motos e barcos – até 5 anos;
3. Caminhão, implemento rodoviário, ônibus, aeronave e helicóptero – até 10 anos.
Embarcação, Máquinas e Equipamentos
4. Jet-skis, tratores, máquinas e implementos agrícolas e equipamentos para
construção civil – somente novos;
5. Equipamentos industriais, navais, maquinário de frigorífico, de lava-car, máquinas
têxteis, motores estacionários, motores marítimos, grades agrícolas, guindastes,
geradores e bombas para postos artesanais – somente novos com garantia
suplementar.
A garantia suplementar poderá ser qualquer bem informado nos itens 1, 2, 3 e 4 e
deverá ser no mínimo compatível ao saldo devedor.

É preciso apenas um documento oficial de identificação em que apareça o CPF.
Estrangeiros também precisam possuir o CPF, além do RNE (Registro Nacional
Estrangeiro) ou passaporte.

Onde estamos

faq

Perguntas frequentes

Não é financiamento e nem empréstimo. A Ademicon é um consórcio de veículos.
O consorciado adquire uma cota, paga parcelas mensais e, através de sorteio ou
lance, é contemplado com o crédito escolhido.

Veículo Automotor, Aeronave e Embarcação
1. Veículos – até 8 anos;
2. Motos e barcos – até 5 anos;
3. Caminhão, implemento rodoviário, ônibus, aeronave e helicóptero – até 10 anos.
Embarcação, Máquinas e Equipamentos
4. Jet-skis, tratores, máquinas e implementos agrícolas e equipamentos para construção civil – somente novos;
5. Equipamentos industriais, navais, maquinário de frigorífico, de lava-car, máquinas têxteis, motores estacionários, motores marítimos, grades agrícolas, guindastes, geradores e bombas para postos artesanais – somente novos com garantia
suplementar.
A garantia suplementar poderá ser qualquer bem informado nos itens 1, 2, 3 e 4 e deverá ser no mínimo compatível ao saldo devedor.

É preciso apenas um documento oficial de identificação em que apareça o CPF.
Estrangeiros também precisam possuir o CPF, além do RNE (Registro Nacional Estrangeiro) ou passaporte.

Não. A escolha fica a critério do consorciado, que pode optar pela marca que preferir. Os créditos são de R$ 45 mil a R$ 150 mil.

O grupo de lançamento tem prazo de 85 meses e as cotas são comercializadas com o prazo de 80 meses.

Sim. O fundo de reserva é de 1% no prazo total do grupo e funciona como uma arrecadação extra para cobrir despesas previstas e emergenciais.

O consorciado concorre desde a primeira assembleia, porém, não há como prever quando a cota será contemplada. Para manter ativas as chances nos sorteios e poder realizar a oferta de lances, as parcelas precisam sempre ser pagas até a data de vencimento.

Os grupos existentes hoje são formados por 1.000 cotas.

Para aquisição da cota, a pessoa deve ter no mínimo 16 anos e ser emancipada. No entanto, no momento do faturamento do bem, ela precisa ter 18 anos completos.

É o crédito acrescido da taxa administrativa e fundo de reserva, que serve como
base para o cálculo de todos os lances e parcelas.

Exemplo – Crédito de R$50.000,00
TAXA ADMINISTRATIVA 14% = R$ 7.000,00
FUNDO DE RESERVA 1% = R$ 500,00
Total da categoria: R$ 57.500,00

Sorteio, lance livre, lance limitado (40% da categoria) e lance fixo (25% da categoria).

Sim, em todas as modalidades, mas só é possível embutir 50% do valor ofertado.

O sorteio é realizado mensalmente, em datas previamente estipuladas no calendário anual da Ademimotors. Para definir os contemplados, os grupos de consórcio usam os resultados da extração da Loteria Federal, utilizando a centena, a dezena e a
unidade, que equivalem aos números das cotas.

O crédito até a contemplação e, proporcionalmente, a parcela são atualizados pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Essa correção possibilita que o
consorciado mantenha seu poder de compra, mesmo quando contemplado a médio
ou longo prazo. O reajuste ocorre anualmente, de acordo com o mês previamente estipulado em contrato. Após a contemplação, as parcelas permanecem sendo corrigidas pelo mesmo índice, porém, o crédito até o resgate fica aplicado em um fundo de investimento com correção diária.

Os grupos existentes hoje possuem taxa de administração de 14% no prazo total.

Sim, existe o fundo de reserva de 1%, citado anteriormente.

Todo dia 7 de cada mês.

O lance é calculado sobre a categoria. Veja os exemplos abaixo:

Lance: Fixo
Crédito: R$50.000,00
Categoria: R$57.500,00
Percentual: 25%
Valor: R$14.375,00
Embutido: R$7.187,50
Pago: R$7.187,50

Lance: Limitado
Crédito: R$50.000,00
Categoria: R$57.500,00
Percentual: 40%
Valor: R$23.000,00
Embutido: R$11.500,00
Pago: R$11.500,00

Créd. líquido: R$42.812,50
Parcela: R$575,00
Prazo (meses): 75

Créd. líquido: R$38.500,00
Parcela: R$575,00
Prazo (meses): 60

O desempate é feito pelo resultado do primeiro prêmio da extração da Loteria Federal. É contemplada a cota que mais se aproximar do número da extração.

Não. O lance só pode ser quitado com recursos próprios ou, ainda, descontando 50%
do valor total do lance do crédito em qualquer modalidade.

Não. Somente a taxa administrativa e o fundo de reserva.

Não. No consórcio de veículos não é permitido a redução do crédito, apenas o aumento antes da contemplação.

É a parcela paga em 0,7% da categoria. A composição da parcela que corresponde
à categoria é: fundo comum + taxa administrativa + fundo de reserva. O fundo
comum é o valor pago pelo cliente pelo crédito contratado, que é utilizado para
contemplar os consorciados do grupo. Já a taxa administrativa é a remuneração da Ademicon. É importante lembrar que após a contemplação ou 24 meses de parcelas pagas, prevalecendo o que ocorrer primeiro, o percentual necessário
para a quitação do saldo devedor será diluído dentro do prazo restante da cota, respeitando o valor mínimo mensal de parcela estipulado pelo grupo.

É a parcela correspondente a 100% da categoria dividida pelo prazo da cota.
A composição da parcela do consórcio é: fundo comum + taxa administrativa + fundo
de reserva. O fundo comum é o valor pago pelo cliente pelo crédito contratado, que é utilizado para contemplar os consorciados do grupo. Já a taxa administrativa é a remuneração da Ademimotors.

É a parcela paga em 100% da categoria. A composição da parcela do consórcio é: fundo comum + taxa administrativa + fundo de reserva. O fundo comum é o valor pago pelo cliente pelo crédito contratado, que é utilizado para contemplar os consorciados do grupo. Já a taxa administrativa é a remuneração da Ademicon.

O pagamento é feito através do boleto enviado mensalmente por e-mail e pelos Correios. O boleto também fica disponível na Área do Cliente no site e app da Ademicon. Além disso, é possível cadastrar o débito automático nos canais disponibilizados acima, junto aos bancos Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica
Federal, Sicoob e Sicredi.

Sim. Em caso de cancelamento, a devolução do dinheiro investido ocorre conforme a Lei 11.795/2008 e previsão contratual, através de sorteios mensais pela extração da Loteria Federal, com prazo até o encerramento do grupo.

Não. O consorciado pode participar de apenas uma das modalidades. Cada nova
oferta de lance substitui a anterior.

Sim. A Ademimotors aceita imóvel em operações maiores. No entanto, o bem que está
sendo adquirido também deve ficar alienado. É importante ressaltar que, se o imóvel já estiver alienado para a Ademilar, não será possível fazer a confissão da dívida e incluir uma nova alienação do saldo devedor da Ademimotors, pois são créditos liberados para categorias diferentes de consórcio. A garantia inicial sempre recai sobre o valor do bem de aquisição, que pode ser substituído por imóvel ou por outro bem de maior valor.

Sim, na Ademicon os dois bens são alienados.

Sim. O que pode ser utilizado como garantia:

Veículo Automotor, Aeronave e Embarcação
1. Veículos – até 8 anos;
2. Motos e barcos – até 5 anos;
3. Caminhão, implemento rodoviário, ônibus, aeronave e helicóptero – até 10 anos.

Embarcação, Máquinas e Equipamentos
4. Jet-skis, tratores, máquinas e implementos agrícolas e equipamentos para
construção civil – somente novos.

É preciso ir até uma concessionária da marca, informar que está adquirindo um veículo por consórcio e solicitar a elaboração de um laudo de avaliação. É comum
as concessionárias fornecerem esse documento.
Importante: não pode ser laudo de lojista.

Não. Apenas veículos automotores, máquinas agrícolas e semelhantes.

Sim. Nova ou usada com até 5 anos, mas vale lembrar que o valor da moto precisa
ser compatível com o crédito adquirido, além de garantir o saldo devedor.

Sim, desde que apresente uma garantia suplementar conforme exemplos citados
anteriormente.

Sim. Além da Nota Fiscal, é feito o registro na capitania dos portos e um contrato de alienação fiduciária registrado no cartório de títulos e documentos.

Sim, é possível. Porém, é preciso alienar o barco inteiro ou colocar outro bem como garantia para a compra do motor.

O crédito é liberado na efetivação da alienação.
*** Nos casos em que é possível incluir o GRAVAME.
*** Nos demais casos, será necessário registrar a alienação em cartórios de títulos
e documentos, e o pagamento é feito após o envio do contrato registrado.

É a alienação do veículo, feita no sistema do Detran, que impede que ele seja
transferido para outro proprietário enquanto o consorciado ainda possua saldo devedor junto à administradora.

Sim. O crédito fica aplicado em títulos públicos com correção diária. Antes da
contemplação, a correção é anual pelo INPC, conforme mês definido em contrato.

Sim, para quitação de financiamento próprio. Porém, é necessário deixar outro bem
alienado temporariamente até a baixa do financiamento e a nova alienação para a
administradora. Também é importante lembrar que a alienação de usados fica
de acordo com o critério já informado anteriormente. Portanto, mesmo que o
financiamento tenha sido de um bem 0km, ele não será alienável para a Ademimotors
caso já tenha ultrapassado o prazo de anos de fabricação.

O seguro de vida em grupo prestamista é obrigatório apenas após a contemplação.

É o percentual de 0,0374% sobre o saldo devedor.

Cobre morte natural e acidental, além de invalidez permanente total por acidente.
O Capital Segurado Individual é equivalente ao valor do bem + taxa de administração
+ fundo de reserva, limitado ao valor máximo estipulado pela seguradora.

Sim. Parcelas antecipadas na ordem inversa podem compor o valor do lance

Sim, desde que a garantia cubra o saldo devedor das cotas e que seja autorizado
pela administradora.

Contato solicitado

Um consultor entrará em contato em até 24h