Navegação Rápida:

    A taxa SELIC ou Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, é um termo bastante conhecido no universo financeiro. Essa taxa básica de juros da economia brasileira influencia desde o custo do crédito até os rendimentos de investimentos.  

    Você deve ter pensado: mas como a taxa SELIC impacta o consórcio? Diretamente ela não tem influência, porém, quanto maior for a taxa mais vantajoso fica o consórcio.  

    Para quem pensa em aderir a um consórcio, entender como a SELIC pode impactar essa modalidade de compra planejada é essencial.  

    Confira no gráfico o histórico da SELIC e entenda como a taxa variou nos últimos anos. 

    (Dados do Banco Central)

    Neste texto, vamos explorar a fundo os conceitos de SELIC e consórcio, e como a taxa interfere nos consórcios de imóveis, veículos e serviços. Leia esse texto até o final para entender:
     

    • O que é a taxa SELIC 
    • Função da taxa SELIC 
    • Como a SELIC impacta os consórcios 
    • Quanto maior a SELIC mais juros? 
    • Impacto da SELIC no poder de compra 

    O que é a taxa SELIC? 

    A taxa SELIC é definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil e serve como a principal referência para os juros praticados no mercado financeiro.  

    Basicamente, ela é a taxa média ajustada dos financiamentos diários que são colocados em títulos públicos federais. A SELIC é usada pelo Banco Central como uma ferramenta para controlar a inflação e influenciar a atividade econômica do país. 

    Atualmente a taxa SELIC está em 10,50% em manteve o índice de 2023. Na curva histórica (gráfico acima) a taxa vinha de sucessivos aumentos desde 2021. A expectativa do mercado é que ela feche 2024, em 9%. Em qualquer um desses cenários, o consórcio é uma opção sólida para compra e investimento.
     

    Função da taxa SELIC 

    A taxa SELIC tem duas funções básicas:
     

    • Controle da inflação:

    Aumentar a SELIC é uma forma de desestimular o consumo e controlar a inflação. Quando a inflação está alta, o Banco Central pode aumentar a SELIC para tornar o crédito mais caro e desestimular o consumo, reduzindo assim a pressão sobre os preços. 

    • Estimular a economia:

    Quando a economia está fraca, a redução da SELIC torna o crédito mais barato, incentivando o consumo e os investimentos.

     

    Como a SELIC impacta os consórcios? 

    Os consórcios, ao contrário dos financiamentos, não possuem juros. No entanto, a taxa SELIC ainda assim exerce uma influência significativa sobre essa modalidade. A seguir, vamos entender os principais pontos de impacto:
     

    Quanto maior a SELIC, mais juros 

    Quando a SELIC está alta, os juros dos financiamentos tradicionais também aumentam, tornando-os menos atrativos. Nesse cenário, os consórcios, que não possuem juros, se tornam uma alternativa mais interessante para quem deseja adquirir um bem ou serviço de forma planejada e econômica.
     

    Impacto no poder de compra 

    A SELIC é usada como uma ferramenta de controle da inflação. Quando a inflação está sob controle, o poder de compra dos consorciados se mantém estável, o que é crucial para a manutenção das parcelas do consórcio e para a realização dos planos de vida. 

    Consórcio de imóveis 

    Digamos que você gostaria de adquirir um imóvel e não sabe de todos os detalhes dessa compra. Confira algumas vantagens de quem escolhe pelo consórcio.  

    Planejamento financeiro:

    A ausência de juros torna o consórcio de imóveis uma opção econômica para quem pode esperar a contemplação. Porém, também há a opção de oferecer lances, o que pode acelerar a contemplação. 

    Valorização do imóvel:

    A valorização do imóvel adquirido pode compensar a espera pela contemplação. 

    Menor concorrência com financiamentos:

    Com a SELIC alta, os financiamentos imobiliários ficam mais caros, favorecendo o consórcio como uma opção mais viável. 

     

    Consórcio de veículos 

    O seu interesse pelo consórcio surgiu pensando em uma aquisição de veículo. Então confira as vantagens e impactos da SELIC nesse tipo de compra.  

    Parcelamento integral:

    No consórcio, o valor do veículo é pago em parcelas sem juros, diferente do financiamento. 

    Planejamento financeiro:

    Ideal para quem pode esperar e deseja fugir dos altos juros dos financiamentos. 

    Alternativa ao financiamento:

    Em períodos de SELIC alta, o consórcio de veículos se torna mais econômico em comparação aos financiamentos tradicionais. 

    Custo do Crédito:

    Com a SELIC alta, o custo do crédito sobe, aumentando a atratividade dos consórcios. 

     

    Consórcio de serviços 

    Seu interesse pelo consórcio surgiu quando descobriu que é possível adquirir serviços estéticos, pagar viagens e muito mais. Confira quais são as vantagens dessa modalidade em relação a taxa SELIC.  

    Diversidade de aplicações:

    Pode ser utilizado para diversas finalidades, como reformas, viagens, educação, entre outros. 

    Sem juros:

    A ausência de juros torna o consórcio de serviços uma opção financeira vantajosa. 

    Custos planejados:

    Em tempos de SELIC alta, o custo dos financiamentos de serviços aumenta, tornando o consórcio uma opção mais viável. 

    Estabilidade nas parcelas:

    A estabilidade das parcelas do consórcio é um diferencial em tempos de variação na SELIC. 

     

    Como a SELIC influencia o consórcio 

    A taxa SELIC, mesmo não incidindo diretamente sobre os consórcios, exerce uma influência significativa sobre eles. Em períodos de SELIC alta, os consórcios tendem a se tornar mais atrativos em comparação aos financiamentos tradicionais. Seja para imóveis, veículos ou serviços, entender essa dinâmica é crucial para tomar decisões financeiras mais informadas e vantajosas. 

    Acompanhe o blog da Ademicon para mais conteúdos sobre consórcios e educação financeira! 

     




    Posts Relacionados: