Que tal planejar a realização dos seus sonhos?

Consórcio de Serviços Ademicon

Bitmap

Vantagens

1

Sem juros e sem entrada​​

2

Chance mensal de contemplação

3

Planos com parcelas reduzidas

4

Reajuste anual do crédito pelo INPC

6

Flexibilidade para usar o crédito

7

Melhor planejamento financeiro

8

Segurança na modalidade

1

Sem juros e sem entrada​​

2

Chance mensal de contemplação​​

3

Planos com parcelas reduzidas​​

4

Reajuste anual do crédito pelo INPC

6

Flexibilidade para usar o crédito​​

7

Melhor planejamento financeiro​​

8

Segurança na modalidade​​

icon-servicos2

O que é o consórcio de Serviços Ademicon?

O que é o consórcio de veículos?

Já pensou em realizar a viagem dos sonhos, estudar no Brasil ou exterior, realizar seu casamento ou formatura, ou ainda dar aquela repaginada no visual? Com o consórcio de serviços ficou ainda mais fácil de conquistar esses objetivos!

Com créditos de R$20 mil a R$ 40 mil, você pode dividir o valor da cota e realizar desde um intercâmbio, até procedimentos estéticos e odontológicos. São inúmeras possibilidades com parcelas acessíveis e programadas de forma inteligente.

como funciona

Como funciona?

1.

Escolha o plano ideal para você

1.

Escolha o plano ideal para você

Diversas opções para você escolher aquela que melhor se adequa aos seus objetivos.

2.

Contribua mensalmente

2.

Contribua mensalmente

Mantenha seus pagamentos em dia, para poder participar dos sorteios e ofertar lances.

3.

3.

Assembleia

Assembleia

As assembleias acontecem mensalmente e definem os clientes contemplados.

4.

Contemplação

4.

Contemplação

Pode ocorrer por sorteio ou oferta de lance em diferentes modalidades.

5.

5.

Utilização do crédito

Utilização do crédito​

Com o crédito liberado, você tem poder de compra à vista para realizar a sua conquista!
 

 

Anterior
Próximo

Faça sua simulação

A hora de repensar
o futuro é agora.

faq

Perguntas frequentes

Um serviço é um produto da atividade humana que satisfaz a uma necessidade, sem assumir a forma de um bem material.

Não é financiamento nem empréstimo. Você escolhe um valor de crédito, investe em uma parcela mensalmente e, através de sorteio ou lance, é contemplado com o crédito escolhido.

Adquirir de prestador de serviços que melhor lhe convier, qualquer serviço ou conjunto de serviços, respeitadas as condições de restrições de uso como Solicitar quitação total de financiamento de sua titularidade, de serviços possíveis de serem adquiridos por meio do crédito disponibilizado (Art.5º, XIII, 4, Circular Bacen 3432/2009). O consórcio também funciona como um investimento.

Serviços Residenciais:
Reformas, projetos arquitetônicos, serviços de placas solares, serviços de climatização residencial, serviços de automação residencial.

Saúde e estética:
Cirurgias plásticas, implantes capilares, tratamentos odontológicos e quaisquer procedimentos de saúde.

Festas e Eventos:
Casamentos, aniversários, formaturas e bodas.

Turismo:
viagens e intercâmbios.

Educação:
Faculdades, cursos, mestrados no Brasil e no exterior, consultorias.

Os documentos são os seguintes: RG, CPF ou CNH, bem como o pagamento da primeira parcela no momento da contratação, que pode ser realizado com cartão de crédito ou débito, transferência bancária ou boleto.

Por meio do boleto enviado mensalmente. Você pode solicitar o débito automático junto aos bancos.

*Consulte os bancos disponíveis para débito automático.

São realizados mensalmente, em datas previamente estipuladas no calendário anual da Ademicon, os sorteios e as assembleias de lances para definir os contemplados. Para o sorteio, nossos grupos de consórcio utilizam os resultados da extração da Loteria Federal, que equivalem aos números das cotas.

Informação importante: somente tem direito a concorrer, tanto no sorteio quando nos lances, o consorciado adimplente e que efetuou o pagamento de sua parcela mensal até a data de vencimento, que para o segmento de serviços é o dia 15 de cada mês.

É uma forma de tentar antecipar o recebimento do crédito através da oferta de determinado número de parcelas. Você pode fazer uma oferta na assembleia mensal e, caso o seu lance seja o vencedor, você terá sua carta contemplada e o valor será usado para diminuir o prazo de pagamento ou a parcela.

Assim, o lance equivale a antecipações de parcelas no dia da assembleia com a possibilidade de contemplação, em caso de lance vencedor, do crédito contratado.

Há 3 modalidades de lances: lance fixo, limitado e fixo conforme aditivo do grupo.

É o lance com número de parcelas predefinidas no aditivo do seu grupo. Em caso de empate, o critério de desempate é a cota mais próxima do primeiro prêmio da extração da Loteria Federal da data definida como válida para a contemplação. O pagamento do lance será efetuado de acordo com o aditivo de cada grupo.

Concorrerão nessa modalidade as cotas que ofertarem lance diferente da modalidade de lance fixo, até o limite máximo de parcelas determinado no aditivo do grupo. O pagamento do lance será de acordo com o aditivo de cada grupo.

É o valor de lance ofertado, diferente do lance fixo e do lance limitado, caracterizado dessa forma como o lance de maior desembolso por parte do cliente. O pagamento do lance será efetuado de acordo com o aditivo de cada grupo.

 

É uma forma de pagamento do lance vencedor. Nela, o consorciado utiliza parte do crédito para efetuar a quitação, total ou parcial do lance (conforme o aditivo do grupo). O valor descontado do crédito amortiza o saldo devedor e também reduz o crédito líquido a receber. O percentual máximo permitido do lance embutido está definido nos aditivos de cada grupo.

Caso o grupo tenha sido criado a partir de fevereiro de 2009, a devolução ocorre conforme a Lei 11.795, através de sorteios mensais pela extração da Loteria Federal. Compõe o valor a ser devolvido o valor corrigido pago referente ao fundo comum deduzido dos 20% contratuais. O valor pago como taxa de administração não compõe o valor a ser devolvido.

A análise de crédito é realizada com base:

– Nas informações de cadastro.

– Na comprovação de renda e nos documentos pessoais.

Ela tem o fim de avaliar a capacidade dos consorciados continuarem honrando o pagamento das parcelas após a liberação do valor do crédito contemplado, afastando quaisquer riscos ao grupo de consórcio.

Capacidade de pagamento/Comprometimento de renda

Nos moldes do artigo 7º, III, a da Circular Bacen 3432/2009, é indispensável a comprovação de capacidade de pagamento das parcelas pelo consorciado.

Sendo assim, no momento da utilização do crédito, o consorciado tem que comprovar, que possui capacidade de continuar adimplindo as parcelas, nos moldes da renda declarada no contrato de adesão.

A(s) parcela(s) do consorciado não poderão comprometer mais do que 30% (trinta por cento) de sua renda comprovada, considerando o somatório de valores pagos junto à Administradora – cotas a serem liberadas e cotas já liberadas em outros contratos.

Nos casos em que o Comitê de Liberação de Crédito entender que a liberação do procedimento traz algum risco ao grupo e à administradora, caberá apresentação de avalistas.

Condições para ser avalista:

  • Comprovação de renda nos moldes do checklist vigente da Ademicon
  • Não possuir restrições nos órgãos de proteção ao crédito

Trabalhador com carteira assinada:
– 3 últimos holerites;
– Copia do CTPS com a anotação do registro.

Autônomo ou profissional liberal:
– DECORE (Declaração Comprobatória de Rendimentos) original fornecida pelo contador, informando a retirada mensal – 3 últimos meses.
– Cópia da última declaração do imposto de renda, com recibo de entrega.

Aposentado ou pensionista:
– Extrato do pagamento do benefício (últimos 3 meses).

Empresário individual ou sócio de empresa:
– DECORE (Declaração Comprobatória de Rendimentos) original fornecida pelo contador, informando a retirada mensal, ou Pró-labore – 3 últimos meses.
– Cópia da última declaração do imposto de renda, com recibo de entrega PJe PF.
*Para fins de aprovação de cadastro de pessoa jurídica, a empresa deve ter pelo menos 1 ano de cadastro na Junta Comercial do seu estado.

Consorciado PJ:
– Cópia da declaração do imposto de renda, com recibo de entrega do IRPJ.
– Declaração elaborada por contador, com sua assinatura e do responsável legal da empresa, referente ao faturamento bruto dos últimos 6 meses.
*Para fins de cadastro de Pessoa Jurídica, a empresa deve ter pelo menos um ano de registro na junta comercial do seu estado.

Consorciado residente fora do país:
– Declaração de saída definitiva do país, entregue à Receita Federal do Brasil, acompanhada da declaração de rendimentos do país onde está residindo.

No momento da contemplação, é necessário:

-Apresentar documentos pessoais e ficha cadastral;

Bem como:

– Apresentar Nota Fiscal ou Contrato do Serviço: só serão aceitas notas fiscais emitidas após a data de contemplação e válidas no portal da fazenda.

– Apresentar Garantia:

* Para o saldo devedor de até 20 mil reais, a exigência para liberação é a aprovação cadastral e apresentação de avalista

*Para saldo devedor acima de 20 mil reais, a exigência para liberação é a aprovação cadastral e apresentação de garantia (bens móveis ou imóveis).

– Na hipótese de pagamento fracionado, prevalecerá a necessidade de apresentação de garantia. O critério de apresentação de garantia leva em conta exclusivamente o saldo devedor.

Na apresentação de bens móveis como garantia, a política de crédito observada será a do consórcio de veículos Ademicon. Se o consorciado apresentar um imóvel como garantia, será utilizada a política de crédito do consórcio de imóveis Ademicon.

O departamento de crédito pode solicitar outras documentações que entender serem necessárias para o processo.

Consultar sempre a Política de Crédito.

O serviço não poderá ser contratado junto a:

– Empresa da qual o consorciado seja sócio ou acionista;

– Profissional autônomo que seja sócio ou acionista do consorciado pessoa jurídica;

– Descendente, ascendente, cônjuge, ou parente de 1º grau;

– Autorizados e/ou licenciados credenciados da companhia.

*** Não será permitida a vinculação de cotas nesse segmento.

Após o processo aprovado pelo departamento de crédito, tem-se:

 O pagamento do crédito será efetuado diretamente na conta do prestador através de contrato de prestação de serviços para os casos em que houver a exigência deste e, demais serviços mediante apresentação de Nota Fiscal ou RPA, emitidas após a data da contemplação.

Para a contratação de serviços múltiplos, mantem-se padrões acima, com pagamento mínimo de R$ 1.000,00 por nota emitida ou contrato firmado.

O reembolso somente é valido para despesas consumidas após a contemplação da cota, ou seja, despesas tidas entre a data de contemplação e a data de efetivo uso

Os casos de reembolso respeitarão o contido no artigo 12, parágrafo 1º da Circular 3432/2009 do Banco Central do Brasil:

1º Na hipótese de o consorciado, após a respectiva contemplação, haver pago com recursos próprios algum valor para aquisição do bem, conjunto de bens, serviço ou conjunto de serviços, a ele é facultado receber o valor desse crédito em espécie, até o montante do mesmo, observadas as disposições contratuais.

Onde estamos

Contato solicitado

Um consultor entrará em contato em até 24h